Sabor da Vida

Fazendo a feira!!!

No encontro de hoje o professor Fernando Serra de Oliveira do curso de Gastronomia e a nutricionista Débora Marques de Nutrição falaram sobre vários alimentos que você pode encontrar na feira da sua cidade, além de ensinar a fazer um delicioso molho de tomate fresquinho hummmmmm

Deixa Fluir a história do molho de Solanum lycopersicum vulgo Tomate.

Muita gente pensa que tomate é um legume, mas não, tomate é fruta. Apesar de ser fruta é um dos vegetais mais consumidos em todo o mundo. Muitos imaginam que o tomate anda pelas mesas do mundo há muito tempo.

Até perto de 1900, os melhores cozinheiros europeus ainda desconfiavam que ele fosse venenoso, como são alguns membros das solanáceas, sua família botânica.

Inicialmente era cultivado apenas para efeitos ornamentais. Quando os tomates chegaram ao Velho Mundo, ainda não se sabia o que fazer com eles, uma vez que eram muito ácidos para comer como fruta.
Foi aí que um chef da corte espanhola chamado Antonio Latine resolveu usar o fruto misturando tomates, cebolas e óleo de oliva para criar um molho.

Estava criado o primeiro molho de tomate e daí em diante a popularização do fruto cresceu exponencialmente.
Na Itália, Antonio Latine escreveu entre 1692 e 1694 o livro de cozinha napolitana Lo Scalco Alla Moderna, em que uma das suas receitas recomendava levar ao fogo pedaços de tomate, sem pele ou sementes, temperando com salsinha, cebola e alhos picados, salpicados com sal e pimenta, acrecidos de azeite e vinagre, para obter um molho de tomate “de estilo espanhol”.